Pesquisar neste blogue

quinta-feira, 24 de abril de 2008

O BNG perante a reforma postulada para o ensino postobrigatório.



A Conselharia de Educaçom vem de apresentar um projecto para redistribuir a carga lectiva das distintas matérias do Bacharelato que recebeu importantes críticas da comunidade educativa, já que implicava a reduçom de horas das matérias de Filosofia, Educaçom Física e História. Esta reduçom vê-se forçada pola vontade da conselharia de manter a religiom dentro do horário lectivo no Bacharelato. Semelha, assí pois, que ao neoliberalismo só lhe interessam individuos capazitados para o mercado e, portanto, nom é de recibo que a gente pense pola sua conta, o qual explica o imparável e constante desprestígio das humanidades.O BNG defende que se produzam avanços cara a um ensino laico e, portanto, aposta porque as práticas religiosas estejam fora dos centros educativos, o que permitiria manter as horas destinadas à Educaçom Física, a História e a Filosofia tal como estam agora (que já nom é moito).O nacionalismo galego comparte as críticas da comunidade educativa a este projecto. Desde o BNG apostamos polo diálogo co sector do ensino e pensamos que, ao atopar-se o projecto ainda en fase de rascunho, hai tempo de sobra para modificá-lo.Assí mesmo, o BNG considera que se devem aproveitar as reformas no horário lectivo do Bacharelato para favorecer o conhecemento da realidade galega incluíndo como optativas de oferta obrigada matérias como História e Geografía de Galiza ou Literatura Galega do Século XX.Com carácter máis geral, é necessario, co objectivo de termos um ensino público galego e de qualidade, aumentar no possível o número de matérias optativas e os centros que ofertan o Bacharelato de Artes, assí como a dotaçom de professores e meios. Desde o BNG agardamos que a Conselharia de Educaçom seja sensível a estas vindicaçons e aposte polo diálogo e o sentido comum.

5 comentários:

Anónimo disse...

O 29 de Abril, paremos a mercantilizaçom do ensino! Defendamos um ensino público, galego, nom patriarcal, de qualidade e democrático! Às 12 horas na Praça do Toral de Compostela.

De AGIR consideramos que, às portas da reconfiguraçom do ensino sob os ditados do Processo de Bolonha, as mobilizaçons estudantis como a convocada para o vindouro dia 29 em Compostela, devem transcender reivindicaçons parciais e reformistas para denunciar o cerne da ameaça: a mercantilizaçom do ensino, um de cujos traços mais elementares é a suba dos preços, que segrega, elitiza, e castiga o Povo Trabalhador, privado dum serviço que deveria ser público, gratuito e universal.

Urge focalizar a luita estudantil na criaçom e afortalamento dum amplo movimento, hoje inexistente, de rechaço a umha reforma educativa que ameaça com tranformar a Universidade pública em mais um produto do mercado em maos de empresas e entidades financeiras.

Foi este o principal objectivo da nossa participaçom na criaçom e potenciaçom do movimento assemblear que, sobretodo na USC, ergueu nos últimos meses a bandeira da resistência contra a aplicaçom do Processo de Bolonha na Galiza, e segue a ser este o nosso propósito no chamamento que fazemos ao estudantado a secundar e participar na jornada de mobilizaçons do próximo 29 de Abril.

De AGIR, com a nossa participaçom nas mobilizaçons, pretendemos converter o que pretendia ser umha jornada destinada a lavar a face dumha praxe estudantil baseada em paralisar durante todo o ano o estudantado, para depois preparar umha bonita marcha festiva, numha jornada de luita contra a mercantilizaçom e compromisso com a defesa dum ensino público, galego, nom patriarcal, de qualidade e democrático.

No 29 de Abril, paremos a mercantilizaçom do ensino!

Defendamos um ensino público, galego, nom patriarcal, de qualidade e democrático!

Galiza Nova disse...

http://dl36.dinaserver.com/
avantar/novas/29-4-2008/
mais-de-4000-profesores-e-alumnos-
participan-na-manifestacion-convocada
-“por-outro-d

No enlace anterior poderedes topar informaçom, sobre da marcha do passado 29 de Abril em Compostela, do boletim da CIG. Em breve, publicaremos as images das folgas estudantís e gandeiras destes dias, em que participamos membros de GN CHantada e tamém exporemos o nosso ponto de vista sobre a situaçom actual do nacionalismo perante os reptos da globalizaçom e o neoliberalismo (com motivo do 1º de maio). Saúde e terra companheir@s!

Galiza Nova Cabanas disse...

Boa tarde compañeiras/os!

Somos de Galiza Nova de Cabanas, e vimos que tedes ligazóns a outros blogues de Galiza Nova, polo que vos agradeceríamos que puxésedes unha ligazón ao noso.

Moitas grazas, saúdos!

Galiza Nova Cabanas disse...

Desculpade, xa vimos que o tiñades, grazas de todas formas!

freefun0616 disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,酒店,